O que é Literatura?
   Literatura no Brasil
  Biografias
  Quinhentismo
    Literatura Jesuítica
  Barroco
    Arte Barroca
    Características
    Barroco no Brasil
    Autores
  Arcadismo
    Autores
  Romantismo
    Características
    Poesia - autores
    Prosa - autores
    Teatro
    Quadro resumo
  Realismo e Naturalismo
  Laifis de Literatura
   [+] Mais

  Jogos on-line
  Exercícios resolvidos
  Provas de vestibular

  Área dos Professores
  Biblioteca Virtual
  Glossário
  Linguagem literária

  Curiosidades
  Linha do tempo
  Links interessantes
  Notícias
  Fale conosco

 
Busca Geral

 

 

Glossário

 

C

 

Cânone Literário

É um grupo de obras consideradas importantes para determinada comunidade. A organização deste cânone visa criar um padrão a ser seguido como norma de excelência literária. É a partir da elaboração do cânone que determinadas obras são caracterizadas como "clássicas" ou "obras-primas" e passam a vigorar como modelos a serem seguidos pelas futuras gerações de escritores.

Pode-se dizer, então, que o cânone é uma lista de obras consideradas social e institucionalmente "grandes", "geniais" e que transmitem valores "essenciais" e "universais". As obras individuais estão presentes nessa listagem pela sua capacidade de transmitir os valores ditos universais e pela sua excelência literária. Alguns dos principais nomes do cânone literário Ocidental são Homero, Miguel de Cervantes, Dante Alighieri, Shakespeare, Luis de Camões, Charles Dickens, Dostoiévski entre muitos outros.

Até antes do século XIX, os livros considerados canônicos eram, basicamente, os clássicos da Antiguidade, lidos, estudados e imitados ao longo dos anos. Com a institucionalização do ensino, passou-se a eleger uma série de textos literários (desde poemas clássicos a romances) a serem lidos pelos alunos a fim de mostrar os aspectos da literatura nacional ou "universal" considerados de excelência literária. Além disso, pode-se falar em diferentes cânones, como: Cânone da Literatura Ocidental, Cânone da Literatura Brasileira, Cânone da Literatura de Língua Inglesa, etc.

No entanto, o debate em torno do cânone literário recai sobre a formação e a consolidação desse cânone que, segundo teóricos dos Estudos Culturais, deu-se de forma arbitrária e de maneira a privilegiar determinados valores não apenas estéticos, mas também sociais em detrimento de outros, relegados à margem. Logo, a formação do cânone seria política e refletiria interesses e propósitos culturais particulares.

 

Canto

O canto, na poesia, é o equivalente ao capítulo dos escritos em forma de prosa. Desde a Antiguidade, a divisão dos poemas em cantos é uma regra. Embora seja geralmente associado à poesia épica, a divisão pode ser aplicada a todos os outros tipos de poesia.

 

Conotação

É uma propriedade semântica em que as palavras evocam outros significados que podem ser subjetivos e abstratos, diferentemente daquele "imediato" e objetivo. A linguagem conotativa está presente na linguagem poética, em que as palavras são usadas pelo artista para a criação literária. Por isso que, tanto na prosa quando na poesia, as palavras podem ter significados diferentes dependendo do uso que o autor fizer delas em cada sentença.

 

Crítica Literária

De maneira simplista, a crítica literária é a produção de um discurso acerca de uma produção literária. Em outras palavras, a crítica é uma análise, interpretação e avaliação de uma obra que pode vir na forma de comentário, artigo, capítulo, ensaio, entre outros, e é feita basicamente por estudiosos e profissionais da literatura (professores, escritores, tradutores, estudantes de Letras e jornalistas).

A crítica literária fomenta as interpretações atribuídas a determinadas obras e autores e fornece novos olhares, mostrando que uma obra não é um objeto fechado. A crítica está intimamente associada à cultura e à sociedade, além de acompanhar os principais movimentos filosóficos e correntes de pensamento.

A crítica literária também é considerada um gênero textual e, como manifestação individual ou coletiva, não pode ser considerada neutra, levando-se em consideração que cada crítico literário carrega consigo diferentes pontos de vista e argumentos acerca da representações do mundo e dos conflitos humanos.




A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Literatura. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.