O que é Literatura?
   Literatura no Brasil
  Biografias
  Quinhentismo
    Literatura Jesuítica
  Barroco
    Arte Barroca
    Características
    Barroco no Brasil
    Autores
  Arcadismo
    Autores
  Romantismo
    Características
    Poesia - autores
    Prosa - autores
    Teatro
    Quadro resumo
  Realismo e Naturalismo
  Laifis de Literatura
   [+] Mais

  Jogos on-line
  Exercícios resolvidos
  Provas de vestibular

  Área dos Professores
  Biblioteca Virtual
  Glossário
  Linguagem literária

  Curiosidades
  Linha do tempo
  Links interessantes
  Notícias
  Fale conosco

 
Busca Geral

 

Brasil prepara homenagem para marcar 10 anos da morte de Jorge Amado

Escritor baiano morreu no dia 6 de agosto de 2001; se estivesse vivo, completaria 99 anos na próxima quarta


As autoridades da Bahia preparam os últimos detalhes para a homenagem que lembrará os 10 anos da morte de Jorge Amado, que será realizada na próxima semana devido à data de aniversário de seu nascimento.

Autor de obras que foram traduzidas para 49 idiomas, Amado morreu em 6 de agosto de 2001, quatro dias antes de completar 89 anos. Pela proximidade das duas datas, as autoridades resolveram escolher a do nascimento, que, se o escritor estivesse vivo, completaria 99 anos.

Os atos da próxima quarta-feira marcam o início e apresentação oficial do programa de atividades do "Ano Jorge Amado", apesar de que grande parte dos eventos mais significativos serão realizados em 2012, quando for o centenário de seu nascimento.

Desde o dia 10 e até fim de 2012, o país lembrará a palavra do escritor que, apaixonado do povo, retratou personagens que permanecem gravadas na memória dos brasileiros, em parte graças às adaptações em cinema e televisão.

A Fundação Casa de Jorge Amado, em Salvador, será o cenário da apresentação da programação, que inclui exposições, estreias de novas adaptações de sua obra e ciclos de conferências.

Na mesma noite de quarta-feira, o escritor moçambicano Mia Couto, oferecerá a conferência "Um Mar Vivo: Como Jorge é Amado na África", em uma sessão que promete esmiuçar uma leitura africana da obra do brasileiro.

A diretora da fundação, Myriam Fraga, considera que Amado, homenageado em 1994 com o Prêmio Camões, o mais destacado em língua portuguesa, deu significado à palavra povo.

Para a especialista, o fato de Amado ter morrido sem ter recebido o prêmio Nobel de Literatura foi uma "injustiça" com o escritor, mas também com o Brasil e com a língua portuguesa, que só obteve esse reconhecimento na figura de José Saramago.

22/08/2011

Fonte: Último Segundo

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2017 Só Literatura. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.